ARTE E A PESQUISA SOCIAL ATUAL: O ENCONTRO COM A ARTE TÊXTIL

Observamos na atualidade do trabalho artístico do artista, uma nova configuração formal e expressiva, inspirada na arte têxtil latino-americana produzida pelas comunidades rurais da região andina e na arte dos bordados populares brasileiros; resultado das viagens e pesquisas etnográficas do artista em comunidades rurais pela América Latina. Jornadas etnográficas que inspiram o artista e o antropólogo a uma rica fonte de criação estética baseada na riqueza dos estilos e das técnicas têxteis dos povos andinos que vivem formas de resistência cultural e de sobrevivência em meio a um mundo cada vez mais globalizado

Sua nova fase artística apresenta trabalhos têxteis de bordados como das feltragens e costuras mesclam as cores intensas e fortes influenciadas pelas composições tradicionais da arte têxtil andina, assim como, a presença dos bordados em relevos e das sobreposições de tecidos em pontos pontilhados, típicos dos bordados populares brasileiros.

Esta bricolagem têxtil do artista marca uma narrativa visual inspirada na tradição, mas pulverizada por temas contemporâneos: as relações humanas, a solidão, os encontros e desencontros humanos, as paixões, a fragilidade e a fragmentação do ser diante de um mundo cada vez mais narcisista e dominado pelo imperativo econômico neoliberal.

Os trabalhos escultóricos têxteis possuem uma continuidade na pesquisa temática do artista; focando a questão da alteridade humana num mundo insólito, num mundo da impermanência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *